• GLIV Design

Redesign e a importância de atualizar seu logo e mascote



Redesign: o que contribui para seu negócio?

Aqui no blog já falamos sobre identidade visual e como é importante investir nela para se adequar às novas tendências que surgem no mercado e dar um up no seu negócio.

O redesign entra como uma ótima ferramenta no qual direciona com mais zelo o logo da empresa, modernizando-o. Isto é, consegue repaginar sem tirar toda credibilidade e confiança que o empresário adquiriu com a identidade visual do lugar.

Conheça mais sobre o redesign




O redesign nada mais é do que uma reformulação do logo já existente, porém, traz uma renovação em detalhes, nas formas ou complementando conforme a necessidade, pois o objetivo é alinhar o que o consumidor precisa com os valores da empresa.

Por isso, em um redesign pode acontecer mudanças nos padrões de cores e na tipografia, inclusive nos ícones que podem ter pequenas alterações como, por exemplo, adicionar adornos, detalhes, entre outros.

A reformulação pode ser de forma ampla ou discreta, do interno para o externo, mas sempre de uma forma que reafirme o compromisso, visão e metas do negócio. Evite mudanças bruscas, o ideal é sempre mudar aos poucos para os clientes irem assimilando as modificações.



Outro ponto relevante é que a parte digital — mídias sociais, blogs, vídeos etc.— também precisam se adequar à nova “cara”, pois devem acompanhar a nova identidade visual para não ter uma quebra na credibilidade e na linguagem da empresa.

Ou seja, o redesign é um meio de estratégia e evolução do negócio para se comunicar com o mercado, sempre pensando em novos planos e novas conexões com o serviço disponibilizado, mas sem apagar a história e a tradição da empresa.

Redesign: Parcial x Total

Hoje em dia podemos distinguir dois tipos de redesign: o parcial e o total.



O Redesign Parcial faz mudanças específicas, limitada, na identidade visual da empresa, ou seja, altera alguns elementos do logo e nas cores, sem modificá-lo por inteiro, apenas algumas “pinceladas”. É o tipo mais usada pelas instituições para se modernizar.



No caso do Redesign Total é empregado quando existem situações em que a empresa ou marca identifica e quer transmitir um novo posicionamento, conceito ou ideias, assim, modificando todos os elementos existentes nos gráficos e dando outras cores. Dessa forma, recriado completamente a identidade visual. Geralmente acontece quando há uma mudança de gestão da marca da instituição.

Efeitos do Redesign


O Buffet New Star Shine é uma das empresas que investe no redesign e conta com o apoio e dedicação da GLIV Design para fazer acontecer. Veja o depoimento da empresária Mônica sobre este processo:


Esse não foi o primeiro redesign, na verdade, é o terceiro ou quarto, mas decidi refazer o design, porque as coisas vão evoluindo. Novas técnicas vão surgindo. O redesign que ele fez (Ale Zampieri – design da GLIV Design), parece muito real. O olhinho dela, a boquinha... Você parece que está perto dela mesmo, perto da estrelinha. E essa sensação é o que acredito que os clientes queiram ter, pois as crianças passam na porta e falam que é o Buffet da Estrelinha. Então, essa forma ‘cute’ (fofinha) das crianças verem o personagem com o redesign traz vida para tudo”.




Pois a vida está nos detalhes:

Por exemplo, ele fez uma estrelinha que é um DJ; ela tem um fone de ouvido. Se você olhar para o personagem parece que você está vendo os fones. [...] Fez uma planta no qual você consegue ver a sementinha da planta. É uma coisa muito fantástica. Ele (Alê Zampieri – responsável pela GLIV Design) é muito maravilhoso [...]. Gosto muito do trabalho dele e espero que o trabalho seja reconhecido muito mais.




Quem achou a GLIV foi meu marido ‘fuçando’ na internet faz um tempo e ele, quando achou e falou: ‘esse cara é maravilhoso!’; foi quando a gente o trouxe (Ale) para nós e não largamos mais e, por isso, já estamos no terceiro e quarto redesign (juntos).

A mascote sempre foi uma estrelinha, mas antes do Ale e olhando com os olhos de hoje, era um design defasado já e quando o Ale refez, logo na primeira vez, ficou fantástico, fofo que com o tempo foi aperfeiçoando. Renovar, mudar, a identidade visual é importante e interessante para o cliente também, porque ele acha que está num espaço novo.



Com o redesign ele (cliente) tem o mesmo buffet que gosta do atendimento, do serviço, do espaço... Só que com uma roupagem diferente. Também dá mais visibilidade e credibilidade, porque mostra aquela preocupação de nós, como empresa, com o espaço em deixar tudo novo e bonito para o cliente. A visibilidade é show, perfeita, mas acho que envolve muto mais a credibilidade”.

Mônica também reforça a importância em colocar o redesign no logo nas mídias sociais e web:

Eu sempre procuro utilizar o logotipo e o mascote da empresa em tudo que faço na internet, porque isso também cria uma conexão com a marca [...] Quando você consegue criar uma conexão forte com o personagem, ele (cliente) vai lembrar de você mesmo com os redesigns, mas para aqueles que não conhecem (clientes novos), ter um nome do lado dele (logo/ mascote) para associar ainda é importante”.

Mônica está a frente do Buffet New Star Shine há mais ou menos 15 anos, porém é formada em enfermagem onde atuou na área antes de empreender no negócio. Começou no ramo por um convite de um casal de amigos e sem saber muito sobre como comandar um buffet — porque o que sabia fazer era apenas as festas caseiras de aniversário da filha.

Enfrentou muitos desafios administrando o buffet e venceu todos eles. Hoje, a empresária, toca a empresa sozinha junto com seus funcionários. Segundo Mônica, cada festa é um sonho realizado e ela conta com a ajuda do redesign da GLIV Design para proporcionar mais felicidades aos seus clientes, pois, para a empresária, o redesign é uma ferramenta que cativa os clientes porque vão continuar com um ótimo atendimento, espaço, serviço no qual já conhecem e, ainda, vão ter ambientes diferentes do habitual para tirar fotos. Sendo assim, continuam fazendo a festa no mesmo lugar, mas o álbum de fotos são todos diferentes devido o investimento no redesign.

Referências:

REDESIGN de Identidade Visual: O que é e quando deve ser feito?. In: Redesign de Identidade Visual: O que é e quando deve ser feito?. [S. l.], 24 jan. 2019. Disponível em: https://uipi.ufsc.br/2019/01/24/redesign-de-identidade-visual/ Acesso em: 18 set. 2021.


BST! DESIGN. QUAIS OS CUIDADOS A TOMAR NA HORA DE FAZER REDESIGN DE UMA MARCA?. In: QUAIS OS CUIDADOS A TOMAR NA HORA DE FAZER REDESIGN DE UMA MARCA?. [S. l.], 14 ago. 2019. Disponível em: https://bstdesign.com.br/blog/quais-os-cuidados-a-tomar-na-hora-de-fazer-redesign-de-uma-marca/

Acesso em: 18 set. 2021.

FIZZING 360°. O QUE É REDESIGN, QUANDO E POR QUE FAZER NA SUA MARCA?. In: O QUE É REDESIGN, QUANDO E POR QUE FAZER NA SUA MARCA?. [S. l.], 30 set. 2020. Disponível em: https://fizzing360.com.br/redesign-quando-porque-fazer-marca/

Acesso em: 18 set. 2021.

19 views0 comments

Recent Posts

See All